Menu

Patrões do ensino superior fazem proposta indecorosa

Em reunião com a Fepesp, em 01/04, o sindicato patronal do ensino superior (Semesp) fez uma proposta de reajuste salarial de 4%, a partir de março.

 

De imediato, a Fepesp recusou a proposta, considerada indecorosa pela comissão que representa os professores e auxiliares de administração escolar.

 

Os sindicatos da Federação se reunirão na próxima semana para discutir as estratégias da Campanha Salarial e os próximos passos da negociação.

Para a Fepesp e seus sindicatos, a ‘crise’ alegada pelos mantenedores por causa do Fies, não serve de desculpa para ignorar as reivindicações dos trabalhadores.

 

A próxima rodada de negociação está agendada para 15/04, em São Paulo.

 

 

Fonte: Fepesp

 


Veja mais