Menu

ACORDO COLETIVO AMEAÇADO!

Os ACORDOS COLETIVOS estão ameaçados. O ministro Gilmar Mendes, por pressão da confederação patronal, concedeu medida cautelar que suspende os acordos após a data base.



Veja mais